Campo Grande – 40% da população adulta imunizada contra a Covid-19

Campo Grande ultrapassou a marca de 40% da população adulta imunizada contra a Covid-19. Até este sábado, dia 17 de julho, 272,4 mil pessoas foram vacinadas com as duas doses ou dose única, conforme dados do “Vacinômetro”.

Desde o dia 19 de janeiro,  ato todo  420.900 pessoas foram vacinadas contra a Covid-19 em Campo Grande. Destas,  272.483 receberam a dose de reforço ou dose única, o que representa 40% da população adulta, a maior cobertura vacinal entre as capitais do país. O Município tem aproximadamente 676,7 mil pessoas com mais de 18 anos, segundo censo do IBGE. Se consideramos toda a população da Capital, aproximadamente 906 mil pessoas, a cobertura da primeira dose é de 49.26% e da segunda dose ou dose única chega a 30.05%.

O bom desempenho na vacinação recebeu reconhecimento do ministro da Saúde Marcelo Queiroga, que esteve na cidade na sexta-feira, dia 16 de julho, conhecendo projetos inovadores e experiência exitosas desenvolvidas na Capital. “A experiência aqui (Campo Grande) da vacinação é muito exitosa. O trabalho é feito de maneira organizada e célere e o resultado não poderia ser diferente”, comentou o ministro.

O secretário municipal de Saúde, José Mauro Filho, atribuiu o resultado a união de esforços e o empenho de todos os envolvidos no processo de vacinação. “Esse é o resultado do planejamento e trabalho, não só da nossa equipe, mas de toda a Prefeitura, que não tem medido esforços, trabalhando arduamente, seja de manhã, tarde, noite, fim de semana, feriado, tudo isso para garantir que a gente possa dar mais celeridade neste processo e, sobretudo, comodidade à população para que tenha acesso a essa vacina, que é uma arma fundamental na luta contra essa doença”, enfatiza.

O planejamento, organização e estratégias adotadas pela Capital desde o início da vacinação fizeram toda a diferença para o êxito do processo.

Campo Grande conta com mais de 60 pontos de imunização espalhados pelas sete regiões urbanas e distritos, incluindo quatro drives (Ayrton Senna, Albano Franco, Cassems e UCDB) com capacidade de vacinação diária de 2 mil pessoas cada, três polos (Guanandizão, Seleta e IMPCG),  assegurando maior comodidade à população.

Além disso, o Município implementou um sistema de identificação prévia para dar mais agilidade no processo. O sistema, inclusive, tem ajudado municípios do interior do Estado a organizar a campanha de vacinação e foi reconhecido nacionalmente como exemplo de boas práticas.

O código fonte da plataforma “Monitora Saúde”, que além do sistema de identificação engloba outras ferramentas que vêm sendo utilizadas durante o enfrentamento da pandemia, foi doado para o Ministério da Saúde e poderá ser compartilhado com municípios de todo o país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *