Soja: preços do grão seguem em alta

Produtores brasileiros de soja estão afastados do mercado spot nacional, evitando negociar grandes volumes de oleaginosa
Segundo informações do Cepea, esses agentes estão atentos à alta nos preços externos, que, por sua vez, está relacionada à falta de chuvas em áreas de soja nos Estados Unidos e à estimativa de menor produção na Argentina, que colheu o volume mais baixo das últimas três safras.

Vendedores brasileiros também estão com expectativa de aumento da demanda doméstica nos próximos meses, uma vez que indústrias indicam não dispor de estoques longos da matéria-prima. Quanto aos preços, seguem em alta. Entre 9 e 16 de julho, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa – Paranaguá avançou 3,25%, a R$ 170,39/sc de 60 kg na sexta-feira, 16. No mesmo comparativo, o Indicador CEPEA/ESALQ Paraná subiu 3,13%, indo para R$ 165,25/sc de 60 kg.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *