Riedel: ‘Pavimentação das MS’s-258 e 162 garantirá escoamento da produção e atrair investimentos’

Integração e logística serão legados de obras lançadas em Sidrolândia

“A pavimentação das MS’s-258 e 162 garantirá o escoamento da produção e atrair novos investimentos para a região”, afirmou o secretário de Infraestrutura, Eduardo Riedel.

Na última segunda (7), o governador Reinaldo Azambuja autorizou o início de obras de pavimentação nas duas importantes rodovias de Sidrolândia: a MS-258, entre os distritos de Capão Seco (Sidrolândia) e Anhanduí (Campo Grande); e a MS-162, entre Sidrolândia e Maracaju.

Durante a solenidade, Reinaldo citou alguns dos benefícios dessa obra, entre eles o escoamento da produção e a atração de novos investimentos na região.

O secretário Eduardo Riedel explicou que na próxima sexta-feira, será dada ordem de serviço para outros trechos e disse que o Estado investe em eixos de escoamento da produção. “O Estado segue com um grande pacote de investimentos em infraestrutura, com obras para termos eixos adequados de escoamento. São obras que dão mais segurança para vocês produtores”.

O comerciante Wilson Peres de Souza ressaltou que essa era uma reinvindicação antiga, não só da população de Sidrolândia, mas de todos daquela região. “O investimento nessa rodovia (MS-162) é algo esperado há muito tempo porque liga a região Sul do Estado, sendo importante para escoar a produção, e também por ter muitos assentamentos”, contou o comerciante.

O asfalto na MS-258 reduzirá em até 100 km o trajeto da produção aos centros de beneficiamento, integrando a rodovia a um corredor formado pela BR-060, BR-163 e ainda a MS-455, MS-162 e MS-466, que demandam a Dois Irmãos do Buriti, Nioaque, Rio Brilhante, Maracaju e Nova Alvorada do Sul.

Já a restauração asfáltica e drenagem da MS-162, além de garantir o escoamento da produção, proporcionará melhorias no tráfego nas regiões, atração de investimentos, expansão do turismo e qualidade de vida à população.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *