País precisa de Reforma Tributária e não de emendas sobre encargos

Reinaldo Azambuja lembra que já diminuiu o índice  de recolhimento do imposto do  Diesel de  17 para 12 por cento e subiu o do  do álcool porque o Estado produz o combustível. O governador lembrou da medida adotada por seis meses em Mato Grosso do Sul .

Reinaldo acha que a reforma Tributária tem de ser de interesse nacional. Bolsonaro reduziu por dois meses isenção de Pis Confins ao Diesel e Gás de cozinha em Março e Abril.  Reinaldo disse ser a favor de terminar com a cobrança de ICMS. E alertou que, não se pode tirar o recolhimento do imposto de uma hora para outra.

Ainda na avaliação do Governador Reinaldo Azambuja caso seja retirada a cobrança do ICMS  sobre os combustíveis, deverá ser criado um,  fundo de compensação através de  emenda constitucional  paras alguns Estados.

As declarações do Governador Reinaldo Azambuja foram feitas na manhã de segunda feira na governadoria parque dos Poderes em Campo Grande.

João Flores Junior

Foto Francisco Ribeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *