Campo Grande – Entrega de novas moradias no Bom Retiro

Gratidão! É com esta palavra de reconhecimento que mais famílias da comunidade Bom Retiro, localizada na Região Urbana do Segredo, começam falando da alegria em receber na manhã desta segunda-feira (19) dez unidades habitacionais das 136 previstas para o local. Agora, somente três casas faltam ser entregues.

Muito emocionado, Willian dos Santos disse não saber nem explicar o que sentia depois de tanto tempo sonhando com a casa própria.

“Hoje eu recebo a chave da minha casa. Aqui vai morar eu, minha esposa e meus três filhos. É algo sem palavras, não tenho o que dizer, me sinto muito feliz, muito honrado. É o sonho sendo realizado. Parabéns ao prefeito e a todos os envolvidos. Que Deus abençoe todos”, exclamou.

Quem também estava radiante era Letícia Guimarães de Oliveira. Mãe solo de cinco filhos, ela também disse que é um sonho realizado.

“Algo que desejo há muito tempo. Já são 4 anos de espera aqui no barraco e graças a Deus minha casa está concluída. Eu tenho cinco filhos e essa moradia é o sonho da minha família. Quero agradecer primeiramente a Deus e depois ao prefeito Marquinhos Trad por tudo que estamos recebendo neste dia”, afirmou.

Construídas pela modalidade Credihabita, programa criado pela Agência de Habitação e Assuntos Fundiários (Amhasf) para aquisição de materiais de construção e contratação de assistência técnica para habitação de interesse social (ATHIS), contemplam antigos moradores da Favela de Deus.

Os moradores ainda participaram do programa Ação Casa Pronta – iniciativa da Amhasf e Fundação Social do Trabalho de Campo Grande (Funsat), em parceria com o Governo do Estado, onde foram capacitados para construírem as casas e aprenderam novas profissões integrantes do ramo da construção civil.

“Nós temos muito orgulho de estarmos cumprindo o que foi prometido à população: moradia digna – depois de tanto sofrimento enfrentado na mudança da Cidade de Deus para cá. Aos poucos, estamos finalizando nosso objetivo, que é entregar 100% das casas previstas aqui”, disse a diretora-presidente da Amhasf, Maria Helena Bughi.

Maria Helena ainda contou que apesar dos desafios enfrentados neste momento, onde houve muitas mudanças nos programas habitacionais e os recursos estão mais escassos, a Amhasf está buscando recursos para levar mais moradias para a população.

Com as entregas desta segunda-feira, restam somente 3 casas para finalizar as obras no Bom Retiro. Todos os reparos, readequações e mesmo construções do contrapiso foram feitas com a finalidade de assegurar aos moradores a tranquilidade de habitar em um local seguro.

O prefeito Marquinhos Trad informou também que a Prefeitura de Campo Grande segue trabalhando sem descanso para cada vez mais oferecer moradia e dignidade às famílias da nossa cidade.

“Após anos vivendo em barracos e enfrentando o frio e a insegurança, fazemos mais esta entrega. Agora são apenas três casas que serão finalizadas, das 136 que tínhamos para concluir aqui. É uma satisfação muito grande ver a emoção de cada um que recebeu sua casa aqui”, concluiu.

Entenda a importância e amplitude dos programas habitacionais da Prefeitura

Ação Casa Pronta: o programa foi referência nacional, já que os próprios moradores construíram as suas moradias e aprenderam uma nova profissão. Desde meados de 2018, os integrantes do Programa de Capacitação Profissional (Proinc) da Funsat, passam pela capacitação em diversos segmentos da construção civil, o que proporcionou desenvolvimento econômico e social da comunidade.

Os participantes do programa Ação Casa Pronta, reconhecido nacionalmente como projeto inovador pela ODS Brasil (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) da Agenda 2030, promovida pela Organização das Nações Unidas (ONU), foram orientados a construir adequadamente as moradias sociais, sob orientação de técnicos, arquitetos e engenheiros, para assegurar a qualidade das construções e a manutenção das boas práticas em cada unidade habitacional de interesse social.

Credihabita: lançado em 2019, o Credihabita é uma nova linha de crédito para compra de materiais de construção, contratação de assistência técnica especializada e pagamento das custas de documentação edilícia de moradias da Capital.

O programa  é destinado àqueles que já possuem o terreno para construção, entretanto, por algum motivo, não conseguiram obter financiamento para aquisição de compra de materiais e de assistência técnica através das linhas tradicionais de crédito oferecidas pelo mercado financeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *