Corumbá: Prefeito questiona Fecomércio sobre suspensão das atividades do Sesc na cidade

O prefeito Marcelo Iunes vai encaminhar um ofício à Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Mato Grosso do Sul (Fecomércio) questionando a suspensão por tempo indeterminado das atividades da unidade do Sesc em Corumbá. O documento será enviado ao presidente da instituição, Edson Ferreira de Araújo, na próxima segunda-feira, dia 25.

“Foi com surpresa e indignação que ficamos sabendo, pela imprensa local, da suspensão das atividades do Sesc em nossa cidade. Entendemos que o momento econômico é difícil para todos, inclusive para o Sistema S, mas não justifica uma atitude drástica como essa”, afirmou o prefeito.

O chefe do Executivo corumbaense ainda destacou a parceria do Sesc com a Prefeitura de Corumbá e a importância da unidade para o fortalecimento e a disseminação da cultura local. “O trabalho feito aqui na cidade ao longo dos anos tem ajudado toda nossa população, seja em grandes eventos como em ações mais específicas”, avaliou Marcelo Iunes.

“Vamos aguardar a justificativa da Fecomércio – entidade responsável pelo Sesc, Senac e o IPF – para buscarmos alternativas de reverter essa decisão, que tenho certeza desagradou todos os corumbaenses, os ladarenses e os irmãos bolivianos da fronteira”, finalizou o prefeito de Corumbá.

Tempo indeterminado

O Diário Corumbaense publicou na quinta-feira (22), reportagem sobre a suspensão das atividades do Sesc. Em nota enviada ao jornal, a assessoria da instituição informou que “desde 2012 o Sesc Mato Grosso do Sul tem vocacionado suas unidades com oferta de produtos e serviços específicos para cada região. Desta forma, considerando sua atuação e o período de isolamento social, bem como os impactos gerados pela pandemia do COVID-19 no Estado, a Instituição avaliou o modelo de negócio aplicado no município e decidiu suspender as operações por tempo indeterminado”.

O prefeito Marcelo Iunes vai encaminhar um ofício à Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Mato Grosso do Sul (Fecomércio) questionando a suspensão por tempo indeterminado das atividades da unidade do Sesc em Corumbá. O documento será enviado ao presidente da instituição, Edson Ferreira de Araújo, na próxima segunda-feira, dia 25.

“Foi com surpresa e indignação que ficamos sabendo, pela imprensa local, da suspensão das atividades do Sesc em nossa cidade. Entendemos que o momento econômico é difícil para todos, inclusive para o Sistema S, mas não justifica uma atitude drástica como essa”, afirmou o prefeito.

O chefe do Executivo corumbaense ainda destacou a parceria do Sesc com a Prefeitura de Corumbá e a importância da unidade para o fortalecimento e a disseminação da cultura local. “O trabalho feito aqui na cidade ao longo dos anos tem ajudado toda nossa população, seja em grandes eventos como em ações mais específicas”, avaliou Marcelo Iunes.

“Vamos aguardar a justificativa da Fecomércio – entidade responsável pelo Sesc, Senac e o IPF – para buscarmos alternativas de reverter essa decisão, que tenho certeza desagradou todos os corumbaenses, os ladarenses e os irmãos bolivianos da fronteira”, finalizou o prefeito de Corumbá.

Tempo indeterminado

O Diário Corumbaense publicou na quinta-feira (22), reportagem sobre a suspensão das atividades do Sesc. Em nota enviada ao jornal, a assessoria da instituição informou que “desde 2012 o Sesc Mato Grosso do Sul tem vocacionado suas unidades com oferta de produtos e serviços específicos para cada região. Desta forma, considerando sua atuação e o período de isolamento social, bem como os impactos gerados pela pandemia do COVID-19 no Estado, a Instituição avaliou o modelo de negócio aplicado no município e decidiu suspender as operações por tempo indeterminado”.

Embora não tenha se falado em encerramento das atividades, a classe artística e cultural considera que foi dado um grande passo para isso, pois tudo o que havia no prédio do Sesc, na esquina das ruas Treze de Junho e Firmo de Matos, foi retirado e levado para Campo Grande. Os funcionários também foram dispensados.

Pela permanência do Sesc em Corumbá, o Conselho de Cultura realiza uma petição online. Qualquer pessoa pode assinar através desse link abaixo:

https://secure.avaaz.org/po/community_petitions/sescms_pela_permanencia_da_unidade_sesc_corumba/?ftatica&utm_source=sharetools&utm_medium=facebook&utm_campaign=petition-1024054-pela_permanencia_da_unidade_sesc_corumba&utm_term=YqQHqb%2Bpo

Saiba mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *