Projeto concede aos pais a decisão sobre retorno às aulas na rede privada

Proposta diz que mesmo após retorno das aulas, pais poderão optar por atividades on line

Projeto apresentado na Câmara Municipal concede autonomia aos pais para decidir sobre o retorno dos filhos às aulas presenciais, na rede privada de ensino, mesmo se as atividades voltarem com o aval do poder público e autoridades.

A intenção da proposta é que os pais possam decidir se enviam seus filhos para as aulas presenciais ou se optam pelas atividades on line, sem que haja prejuízo ou penalidade aos alunos, enquanto perdurar a pandemia do coronavírus.

“Apesar de todas as diretrizes elaboradas para a retomada as aulas presenciais na rede privada de ensino, muitos pais e responsáveis estão preocupados e receosos”, justifica o vereador Epaminondas Vicente (SD), autor da proposta. Ele destaca que ainda existe o “temor” dos responsáveis em colocar a vida das crianças e adolescentes em risco.

“Além da dificuldade de controlar as crianças, ainda mais depois de meses afastadas dos colegas e professores, muitos se preocupam como será o dia a dia nas escolas com as medidas sanitárias que deverão ser implementadas”, observou.

O projeto segue para as comissões da Câmara, para depois ser votado em plenário pelos vereadores. Caso seja aprovado, ainda precisa passar pelo crivo do prefeito Marquinhos Trad (PSD). A medida entra em vigor assim que for publicada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *