Obras anunciadas por Riedel para as Moreninhas animam moradores

Desde a década de 80 a família da Dona Lídia Peralta vive na Moreninhas. Boa parte da vida dela, que hoje é aposentada, foi no bairro que hoje é um dos maiores e mais populosos da Capital, onde ela criou os filhos e fez raiz.

É justamente por isso que Lídia e sua família estão otimistas com o anúncio das obras para o bairro Moreninhas. O investimento, previsto em R$ 45 milhões, foi anunciado pelo secretário de Infraestrutura, Eduardo Riedel, aos vereadores da Capital esta semana.

“A minha mãe está aqui desde a década de 80, desde então a reclamação sempre foi de que o bairro era muito distante, aliás ainda é, porém com a possibilidade de ter mais um acesso além da Avenida Gury Marques, entendo que pode melhorar muito, e facilitar a vida do pessoal daqui”, reforça Lígia.

A aposentada atuou como servidora do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) e, por isso, sabe a importância da ação, seja no campo ou na cidade. “Além de encurtar a distância é sabido que as estradas estão diretamente ligadas ao desenvolvimento de uma região, em todo em seu entorno cresce economicamente”.

O secretário de Estado de Infraestrutura de Mato Grosso do Sul, Eduardo Riedel, se reuniu com os vereadores de Campo Grande e anunciou um pacote de obras estimado em R$ 60 milhões para a Capital.

Anúncio foi realizado na Câmara dos Vereadores nesta semana

Do total, serão de aproximadamente R$ 45 milhões para a construção do novo acesso à região das Moreninhas, incluindo a pavimentação da Vila Cidade Morena. Além disso, os  outros R$ 15 milhões para outras obras prioritárias, que serão definidas em diálogo entre a Câmara Municipal e a Prefeitura.

Na obra das Moreninhas, estão inclusos 6 quilômetros de ciclovia, 12,5 km de vias a pavimentar, 1,5 quilômetros de vias a restaurar, além de duas pontes, o que totaliza uma área de pavimentação aproximada de 115 mil metros quadrados. Com isso, mais de 40 mil moradores serão beneficiados.

“Nosso governador está pensando em Campo Grande, e os vereadores também, no desenvolvimento e crescimento da cidade. [O secretário] vem trazer mais de R$ 60 milhões em obras para Campo Grande. Destes, R$ 15 milhões vamos escolher as áreas prioritárias com a Prefeitura. Onde os vereadores entenderem que é relevante, vamos escolher junto com o prefeito. Com essa interlocução, quem ganha é o povo de Campo Grande”, disse o presidente da Casa, vereador Carlos Augusto Borges, o Carlão.Segundo Riedel, o Governo do Estado é municipalista e isso resultado em efeitos imediatos para a população. “O desenvolvimento do Estado passa pelo desenvolvimento do município”, disse. “Ouvimos os vereadores para direcionar os investimentos do Governo em Campo Grande conforme prioridade dos seus cidadãos, através desse diálogo com o Legislativo”, completou.

Participaram da agenda o ex-vereador e atual titular da Secic (Secretaria Estadual da Cidadania e Cultura), João César Mattogrosso, e o secretário-adjunto da Seinfra, Pedro Caravina, com os 24 vereadores.

De 2015 até hoje, o Governo do Estado investiu mais de R$ 5,8 milhões em obras de infraestrutura. Entre as obras finalizadas e execução, os destaques são estão a revitalização da Avenida Mato Grosso, obras de pavimentação e drenagem no bairro Aero Rancho, a recuperação de erosão na cabeceira do córrego Joaquim Português, entre outros.

Ana Brito / Seinfra

Fotos: Divulgação e Marithê Lopes (Câmara de Vereadores).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *