Livro escrito por alunos de escola resgata histórias de quem vive próximo aos córregos Prosa e Segredo

Memórias de quem vive perto dos córregos Prosa e Segredo, em Campo Grande, foram contadas em um livro virtual escrito por alunos da Escola Estadual Professor Silvio Oliveira dos Santos. Escrita por várias mãos, a obra apresenta relatos de pessoas que presenciaram a transformação da pacata região em uma cidade urbanizada, com problemas relacionados ao meio ambiente.

“À tardezinha eu fechava meus olhos e sentia uma brisa agradável que batia na minha face, e me transportava para outros lugares interessantes e imagináveis”

Batizado de “Segredo em Prosa”, o livro eterniza histórias narradas por diversos moradores. Entre eles, a aposentada Doraci de Oliveira, de 68 anos, que em 1981, com dois filhos pequenos no colo, precisou enfrentar uma grande enchente que devastou casas e destruiu vidas. “Água chegando na cintura”, lembra ela.

Considerados principais córregos de Campo Grande, o Prosa e o Segredo dão origem à cidade. Foi na confluência dos dois cursos de água que o mineiro José Antônio Pereira chegou, em 1872, na região que mais tarde seria a Capital de Mato Grosso do Sul. Devido à importância histórica que têm, os córregos despertam até hoje a curiosidade de quem mora na cidade.

Quem quiser conhecer os relatos dos personagens que vivem em torno dos córregos Prosa e Segredo, e também do Rio Anhanduí, pode baixar o livro gratuitamente pelo QR Code abaixo. Também é possível acessar o conteúdo através da plataforma Issuu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *